Registrar
Lei de Acesso à Informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Mobilidade

Projetos apresentados ao governo federal tornam Curitiba uma cidade multimodal

11/07/2013 18:14:00
Rádio Prefeitura
Radio Prefeitura
Projetos de Curitiba na área de mobilidade se destacam

Os projetos de mobilidade urbana apresentados pelo município ao governo federal devem transformar Curitiba em uma cidade que terá um sistema multimodal e integrado. São projetos com investimentos projetados de R$ 5,3 bilhões, apresentados esta semana à ministra do Planejamento, Miriam Belchior.

Do total de projetos apresentados estão a instalação de um sistema BRT modernizado, novos terminais de transporte coletivo, anéis viários para escoar o trânsito, trincheiras para desafogar o tráfego em pontos estratégicos da cidade, Linha Verde com cinco pistas para todos os tipos de veículos, um veículo leve sobre pneus movido a eletricidade e uma linha de metrô que atravessa a cidade de sul a norte – do Pinheirinho a Santa Cândida. Aliada à rede cicloviária e ao Plano Diretor de Calçadas, ambos em fase de elaboração pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Curitiba terá diversos modais de transporte integrados entre si.

De acordo com o prefeito Gustavo Fruet, o Ministério do Planejamento deverá se manifestar num prazo aproximado de duas semanas sobre as propostas de Curitiba. Caso os projetos prioritários sejam aprovados, a liberação dos recursos poderá ocorrer ainda este ano, por via orçamentária ou por financiamento. Desta forma, os prazos de realização deverão ser cumpridos entre novembro de 2013 e julho de 2018. “Como Curitiba já vinha trabalhando há quatro meses nesses projetos, temos condições de iniciar a execução nos próximos meses. E foi exatamente o conhecimento demonstrado sobre a cidade e o nível de detalhamento dos projetos que impressionou a ministra Miriam Belchior”, disse Fruet.

Nos últimos dias o governo federal ouviu oito prefeitos e oito governadores a respeito dos projetos de mobilidade existentes. “Esses projetos representam um ganho imenso para a cidade de Curitiba em termos de mobilidade realizada com qualidade, conforto e segurança. São projetos modernos e inovadores que devolvem ao Ippuc o protagonismo no planejamento da cidade de Curitiba”, comentou o presidente do Instituto, o arquiteto Sérgio Póvoa Pires.


CONFIRA OS PROJETOS CONSIDERADOS PRIORITÁRIOS E OS PRAZOS DE EXECUÇÃO

METRÔ CURITIBANO
Extensão total: 22,4 km, com 20 estações.
Capacidade: 600 mil passageiros por dia útil
1ª Fase: 14,2 km
2ª Fase: até 8 km
Custo: R$ 2,1 bilhões (no projeto apresentado em Julho/2013), somados aos R$ 2,3 Bilhões de recursos assegurados anteriormente.
Prazo de obras: 4 anos
Início da obra: Maio de 2014
Final da obra: Maio de 2018


LINHA VERDE
Extensão: Cerca de 13 km, com seis estações do modal BRT.
Capacidade: 90 mil passageiros por dia útil (início da operação).
Custo: R$ 321.300.000,00
Início da obra: Janeiro de 2014
Final da obra: Dezembro de 2016


INTER 2
Extensão: 38 km (corredor perimetral) com 13 estações para o modal BRT.
Capacidade: 106 mil passageiros por dia útil
Custo: R$ 470.000.000,00
Início da obra: Julho de 2014
Final da obra: Julho de 2018


VEÍCULO LEVE SOBRE PNEUS (Fase 1)
Extensão: 18 km com sete estações para transporte em VLP elétrico.
Capacidade: 140 mil passageiros por dia útil.
Custo: R$ 500.000.000,00
Início da obra: Abril de 2014
Final da obra: Março de 2016


AUMENTO DA CAPACIDADE DO BRT
Eixo Leste-Oeste e extensão do Eixo Sul
Extensão: 27,7 Km com 52 estações para o modal BRT
Capacidade: 460 mil passageiros por dia útil.
Custo: R$ 285.000.000,00
Início da obra: Novembro de 2013
Final da obra: Junho de 2016


3° ANEL VIÁRIO
Extensão: 61,3 km em 140 estações para o modal ônibus articulados.
Capacidade: 77 mil passageiros por dia úil
Custo: R$ 208.700.000,00
Início da obra: Julho de 2014
Final da obra: Julho de 2018


VEÍCULO LEVE SOBRE PNEUS (Fase 2)
Extensão: 15 km com seis estações para transporte em VLP elétrico.
Capacidade: 120 mil passageiros por dia útil.
Custo: R$ 450.000.000,00
Início da obra: Maio de 2016
Final da obra: Maio de 2017

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484