Registrar
Lei de Acesso à Informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Bloomberg Mayors Challenge

Projeto de mobilidade inclusiva coloca Curitiba entre as 20 finalistas de prêmio internacional

21/06/2016 09:21:00
principal
  • miniatura
Rádio Prefeitura
Radio Prefeitura
Prefeito Gustavo Fruet fala do projeto

Entre 290 concorrentes da América Latina e Caribe, Curitiba foi selecionada como uma das 20 cidades finalistas do Prêmio Bloomberg Mayors Challenge 2016, realizado pela Bloomberg Philanthropies. Provenientes de dez países, as finalistas concorrem ao primeiro prêmio, no valor de US$ 5 milhões, e a outros quatro prêmios com valores iguais de US$ 1 milhão. Os vencedores serão anunciados no final de 2016.

Anteriormente voltado apenas aos Estados Unidos e Europa, esta é a primeira vez que o prêmio ocorre nesta região do planeta. O objetivo do Bloomberg Mayors Challenge é incentivar as cidades a desenvolver ideias ousadas com o propósito de superar problemas urbanos e melhorar a qualidade de vida de seus cidadãos. As propostas concorrentes também devem ter potencial para implantação em outras cidades ao redor do mundo. Os projetos refletem novas e criativas abordagens para alguns dos problemas mais urgentes das cidades da América Latina e Caribe, tais como mobilidade, desemprego juvenil, gestão de resíduos, obesidade e inclusão social e econômica para os imigrantes e as pessoas com deficiência.

“Recebemos uma quantidade tão grande de boas ideias para este Mayors Challenge que escolher apenas 20 finalistas já foi, por si, um grande desafio. Essas ideias realmente captam a diversidade da região e a criatividade e compromisso de seus líderes e cidadãos em melhorar as cidades. Cada uma delas tem potencial de melhorar as vidas dos residentes locais e, caso funcionem, de serem largamente difundidas. Estamos animados para trabalhar com todas as finalistas em suas propostas e ver as cidades vitoriosas torná-las realidade,” disse Michael R. Bloomberg, fundador da Bloomberg Philanthropies e três vezes prefeito da cidade de Nova Iorque.

"A indicação para o Bloomberg Mayors Challenge consolida a vocação de Curitiba para projetos inovadores na área de urbanismo, agora alinhados à proposta da nossa gestão de construir uma cidade mais humana, efetivamente voltada para as pessoas", avaliou o prefeito Gustavo Fruet.

Mobilidade inclusiva

A proposta de Curitiba, denominada “Transporte para Inclusão” ou Transit Oriented Inclusion (TOI), introduz um novo conceito que visa garantir ampla mobilidade, de forma rápida e segura, às pessoas com deficiência, contemplando e dando visibilidade a um público historicamente excluído. Trata-se de mais uma inovação curitibana, a partir do tripé que organiza a cidade e orienta o Plano Diretor: transporte coletivo, sistema viário e uso do solo. A proposta também reforça o conceito de Smart City, por é fortemente ancorada em sistemas integrados de informação e de georreferenciamento.

A cidade já possui uma trajetória de serviços destinados à mobilidade das pessoas com deficiência, tais como os serviços Acesso, sites e táxi compartilhado. Porém, a administração municipal compreende que há desafios a serem superados. Em função dessa realidade, a ideia é integrar os serviços de transporte disponibilizados pelo Município por meio de uma plataforma de gestão georreferenciada que, por acompanhamento em tempo real, proporcionará sua utilização de forma mais inteligente.

Esta solução permitirá a criação e otimização de roteiros, monitoramento em tempo real, roteirização inteligente para a redução nos tempos de deslocamento, criação de novas modalidades de transporte, mais segurança e disponibilização de acesso aos usuários, entre outras estratégias.

Com as ações propostas, Curitiba pretende mudar a realidade das pessoas com deficie^ncia, fazendo com que possam interagir melhor, e com mais independe^ncia, com o sistema de transporte, tornando Curitiba uma cidade cada vez mais humana, inovadora e inclusiva.

A proposta foi elaborada por equipes do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Urbanização Curitiba (Urbs), Secretaria Especial dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPCD), Secretaria Municipal de Educação (SME) e Secretaria de Informação e Tecnologia (SIT), tendo a Urbs como coordenadora da proposta e o Ippuc como coordenador da candidatura.

Conheça as 20 cidades finalistas da América Latina e Caribe, listadas por ordem alfabética:

Assunção, Paraguai – Dados
Barueri, Brasil – Inclusão social para pessoas com deficiência/desenvolvimento de mão de obra.
Bogotá, Colômbia – Educação.
Cabo Haitiano, Haiti – Soluções para resíduos/ meio-ambiente.
Caracas, Venezuela – Inclusão social para pessoas com deficiência/mobilidade.
Corumbá, Brasil – Meio-ambiente/desenvolvimento econômico.
Curitiba, Brasil – Inclusão social para pessoas com deficiência/mobilidade.
Estación Central, Chile – Inclusão social para imigrantes / empreendedorismo.
Godoy Cruz, Argentina – Soluções para resíduos.
Guadalajara, México – Transparência/eficiência governamental.
Kingston, Jamaica – Desemprego juvenil/desenvolvimento de mão de obra.
Medellín, Colômbia – Segurança pública/fortalecimento financeiro.
Milagro, Equador – Sustentabilidade ambiental.
Pudahuel, Chile – Educação.
Rio de Janeiro, Brasil – Saúde pública.
Santiago (Comuna), Chile – Saúde pública.
São Paulo, Brasil – Desenvolvimento econômico.
Tlalnepantla de Baz, México – Coesão social.
Tuxtla Gutiérrez, México – Anticorrupção.
Valdivia, Chile.

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484