Registrar
Lei de Acesso à Informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Cultura

Projeto curitibano de hip hop realizado na Regional Boa Vista é premiado pela Funarte

14/12/2014 10:57:00

Dois trabalhos curitibanos na área de hip hop foram premiados pela Fundação Nacional de Artes (Funarte) na segunda edição do Prêmio Cultura Hip Hop, anunciado no final de novembro. O projeto Aulas de Breaking na Rua da Cidadania Boa Vista, de Sesóstris Filipe Armstrong Oliveira, é realizado com o apoio da Fundação Cultural de Curitiba na Rua da Cidadania do Boa Vista. O outro é o projeto Hip Hop ao Alcance de Todos, de Ayron Ferreira dos Santos.

Desde 2013, Sesóstris dá aulas na Regional Boa Vista, gratuitamente, de breaking, a dança do movimento hip hop. “Estamos terminando o segundo ano do projeto e pretendo dar sequência ao curso em 2015. Durante muitos anos, tentei utilizar um espaço da Rua da Cidadania para fazer alguma atividade relacionada ao hip hop, mas não nunca tive uma abertura. No ano passado, fui finalmente atendido pela atual gestão da Prefeitura, através da Fundação Cultural, que forneceu um espaço para ensaios e eu ofereci a realização de oficinas de breaking”, diz o dançarino, morador do Boa Vista. Ele mantém há 15 anos um grupo de hip hop e é premiado em competições estaduais e nacionais.

“Apoiamos esse projeto porque o hip hop é um movimento cultural importante, tem grande participação dos jovens, mas ainda é marginalizado. Um dos focos da atual gestão é apoiar os movimentos que não têm muito espaço ou oportunidades, pois a cultura tem que se divulgada em todos os seus segmentos”, exlica a chefe de núcleo da Fundação Cultural na Regional Boa Vista, Maricléia Kamaroski.

O curso foi iniciado em abril de 2013 com uma aula por semana. Em 2014, com a boa frequência de participantes, a atividade passou a ter dois horários semanais, às terças e quintas-feiras à noite na Rua da Cidadania da Boa Vista. “Temos mais 40 alunos inscritos que participam todas as semanas das aulas e mais de 80 alunos diferentes já participaram do curso. A maior parte deles é do Boa Vista, mas muitos chegaram de outros bairros pela divulgação do curso, que é bem realizada pela Fundação Cultural”, conta.

“Tinha interesse em fazer aulas de breaking e fiquei sabendo do curso pela Fundação Cultural. Temos aprendido muita coisa e espero que o curso continue. São pessoas de todas as idades, adultos e crianças. Penso em seguir dançando e participar de um grupo e ir a competições”, conta o aluno David Jacinto Jr., 32 anos, funcionário público.

Segundo o professor, o projeto já formou alguns dançarinos com um bom nível no breaking. “A intenção é realmente montar um grupo. Estamos criando apresentações e estou incentivando os alunos a continuar o trabalho no ano que vem. A ideia é participar de festivais, fazer shows”, confirma.

Além da formação de um grupo, no projeto apresentado à Funarte, Sesóstris se comprometeu a realizar um evento de hip hop, no qual os alunos devem realizar uma apresentação e competir. “A intenção também é trazer um nome renomado do breaking para participar e realizar um workshop, além de participar como jurado da competição”, diz.

As aulas de 2014 foram encerradas na quinta-feira (11) e devem retornar entre fevereiro e março de 2015.

Prêmio

Realizado pela Funarte, em parceria com a Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural (SCDC) do Ministério da Cultura, a segunda edição do Prêmio Cultura Hip Hop selecionou iniciativas relacionadas com a promoção continuada da cultura hip hop. Em 2014, foram contemplados 166 projetos de todo o país em duas categorias, sendo 14 premiações no valor de R$ 20 mil, concedidas a instituições privadas sem fins lucrativos, e as demais no valor de R$ 14,3 mil para pessoas físicas e grupos ou coletivos “sem constituição jurídica” – categoria em que estão os dois projetos curitibanos.

O objetivo do programa é estimular e valorizar as iniciativas do gênero, considerando sua influência no modo de vida da juventude, através da divulgação de suas expressões culturais, da ampliação da sua visibilidade e do fortalecimento de sua identidade cultural. Com o Prêmio, a Funarte e a SCDC/MinC pretendem, ainda, contribuir para a consolidação e o fortalecimento das expressões culturais do Movimento Hip Hop, visando à sua continuidade e para o incentivo financeiro de artistas, grupos e comunidades praticantes das diferentes linguagens do gênero no Brasil.

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484