Registrar
Acesso à informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Campina do Siqueira

Prefeitura usa nova técnica em obra contra enchentes no Olarias

18/07/2018 11:18:00

Empresa contratada pelo Departamento de Pontes e Drenagem da Secretaria de Obras Públicas está implantando o primeiro de três condutos forçados na região do Conjunto Olarias, no Campina do Siqueira.

A técnica é nova nas obras da Prefeitura de Curitiba e fará com que a água da chuva seja levada por gravidade da parte alta do bairro até o Rio Barigui, sem espalhar água pelo conjunto habitacional, reduzindo o risco de alagamento numa área onde o problema é recorrente.

"A água que vai passar pelo conduto forçado vai descer aproximadamente oito metros, que é a diferença de nível entre a Rua Deputado Nilson Ribas, que está num ponto alto do Olarias onde implantamos um novo sistema de microdrenagem, e o Rio Barigui", explica o fiscal da obra, engenheiro Gilmar Roloff. "A água vai descer pelo conduto feito de plástico reforçado com fibra de vidro, material resistente à pressão da água", completa.

O conduto forçado de 1,2 metro de diâmetro está sendo implantado nesta semana na Rua Emílio de Almeida Torres, numa extensão de 432 metros, e dois condutos de 330 metros cada um ainda serão colocados na Rua Tito Calderari. Ao todo, o sistema será implantado numa extensão de 1.092 metros.

Sempre alertas
Há muito tempo os moradores do Olarias ficam em alerta no período de chuvas, já que a região fica numa parte  baixa do Campina do Siqueira . "Nós fizemos reunião com quase todos os prefeitos para tentar resolver esse problema. O volume de água que vem lá de cima é grande", diz o aposentado Joel Antônio Antocheski, morador da Rua Dr. Francisco Alexandre Guedes Chagas.

Ele conta que a Prefeitura fez várias tentativas para resolver o problema ali. "De um lado, nós temos a Rua Tito Calderari que tem os imóveis num ponto mais alto. Do outro, a Rua Joanna Rieke Rutz, na mesma situação. Quando chove, adivinha onde alaga", diz o morador.

Segundo Antocheski, vários recursos foram utilizados e ajudaram a melhorar o impacto da chuva ali.

Solução adequada 
O engenheiro Gilmar Roloff afirma que a Secretaria de Obras fez há algum tempo um estudo hidrológico da região, o rio já foi rebaixado e foi feito um dique junto ao Barigui para reduzir os riscos de alagamento. "Esta é uma das primeiras vezes que a Prefeitura implanta o conduto forçado, sistema que se adequa às características do Olarias. Vamos fazer também no Rio Pinheirinho", informa.

"Futuramente, poderemos aplicar noutras regiões que tenham as mesmas condições", diz o engenheiro, que está otimista com o trabalho. "Este é um projeto antigo que nós queríamos fazer. Agora, com os recursos do PAC Drenagem, do Ministério das Cidades, vamos na direção de uma solução mais adequada a esta realidade", observa Roloff. O investimento será de R$ 4,8 milhões. Os trabalhos serão concluídos nos primeiros meses de 2019. 

Moradora da região desde 1981, a aposentada Iveti Yoko Haraguchi diz que até hoje tem receio de comprar as coisas para a casa. "Teve épocas que nós tivemos que andar de barco aqui na Rua Dr. Francisco Alexandre Guedes Chagas porque a água da chuva subia muito", conta.

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484