Registrar
Lei de Acesso à Informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Região Metropolitana

Prefeito autoriza projetos do viaduto Pompéia e de trincheira

04/04/2017 14:34:00

O prefeito Rafael Greca determinou a inclusão dos projetos do viaduto da Vila Pompéia e da trincheira da rua vereador Angelo Burbelo, na travessia da BR-116, na Região do Tatuquara,  num protocolo de intenções a ser assinado pelos municípios de Curitiba e Fazenda Rio Grande, com a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) e a Concessionária Autopista Planalto Sul, que administra aquele trecho da Rodovia Régis Bittencourt. O protocolo de intenções é necessário para a realização de obras na faixa de domínio da rodovia. O documento terá a redação submetida às procuradorias do Município e Estado, antes de ser validado. 

Além dos projetos de transposição da BR, Greca determinou o estudo de traçados paralelos para a ligação de Fazenda Rio Grande a Curitiba via Umbará, pela Rua Nicola Pelanda, e via Tatuquara, pela Rua Presidente João Goulart. São projetos que consolidam o Corredor Metropolitano que integra capital aos seus vizinhos do sul. As definições ocorreram, nesta terça-feira 04/04, em reunião realizada no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), com a presença do prefeito de Fazenda Rio Grande e presidente da Associação dos Municípios da RMC (Assomec), Marcio Wosniack e dos presidentes da Comec, Omar Akel, Ippuc, Reginaldo Reinert e de integrantes da Concessionária Autopista Planalto Sul.

“Começamos a trabalhar para fazer de Curitiba uma só”, afirmou o prefeito. Ele explicou que foram discutidas três possibilidades de ligação de Fazenda Rio Grande com Curitiba: pela Linha Verde; por um eixo leste, através do prolongamento da Nicola Pelanda; e por uma via oeste, por dentro do Tatuquara. 

O presidente do Ippuc, Reginaldo Reinert, destacou que as ligações traçadas na região sul vão além da ligação metropolitana, uma vez que integram também o Tatuquara e Umbará áreas importantes para o planejamento ordenado de Curitiba.
 

Travessias

São quatro as travessias da BR que farão parte do protocolo de intenções. As que cabem à Prefeitura de Curitiba são a do Viaduto da Vila Pompéia, que cuja operação depende da conclusão das alças de acesso projetadas pelo Ippuc a pedido do prefeito; da futura trincheira da Rua Vereador Angelo Burbello, que fará a ligação do Tatuquara ao Umbará transpondo a rodovia e da trincheira da Ceasa, já em obras. Há também chamada travessia da Eletrosul, em Fazenda Rio Grande, projeto que ficará a cargo da Comec.

O prefeito de Fazenda Rio Grande Márcio Wosniack disse que a possibilidade da criação de mais alternativas de ligação com a capital irá impulsionar ainda mais o desenvolvimento da cidade, que hoje conta com 93 mil habitantes, segundo estimativas do IBGE para 2016. “Fazenda Rio Grande está cada vez mais próxima de Curitiba. Essas ligações vão trazer o desenvolvimento econômico e mais qualidade de vida para as nossas cidades”.

A Coordenadora Jurídica da Autopista Planalto Sul, Rossana Zanella, disse que no momento em que as obras forem realizadas será necessária a formalização de um convênio específico para cada trecho. E que o primeiro passo é encaminhar a assinatura do convênio entre as partes. “O caminho é encaminhar a minuta às respectivas procuradorias para que seja formalizado o protocolo de intenções”. 

Recursos 
O presidente da Comec, Omar Akel, explicou que será dada continuidade aos projetos para a busca de recursos junto ao Ministério das Cidades e a viabilização das obras. “Juntos, Comec e Ippuc vão viabilizar os recursos para ter a efetiva ligação desta rede de integração da região sul de Curitiba”.

Segundo Akel, politicamente há um grande avanço, com a disposição e a iniciativa manifestada pelo prefeito Rafael Greca, o que considera fundamental neste processo. “Finalmente a integração metropolitana passa a ser tratada como uma rede e não como estava sendo feita antes, com soluções segmentadas, tratando Curitiba como se fosse uma ilha.”

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484