Registrar
Acesso à informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

História

Memorial Polonês vira cenário de aula para estudantes do Sítio Cercado

15/05/2018 17:44:00

A influência e a participação dos imigrantes poloneses na construção de Curitiba foram apresentadas de uma forma especial aos estudantes da Escola Municipal Paulo Rogério Guimarães Esmanhoto, no Sítio Cercado. A turma do 4º ano do ensino fundamental participou, na tarde desta terça-feira (15/5), de uma aula de campo promovida pelo programa Linhas do Conhecimento. A atividade foi no Memorial Polonês, localizado no centro do Bosque do Papa, no Centro Cívico.

A aula de campo serviu para ensinar história e despertar o sentimento de pertencimento dos estudantes que ficaram sensibilizados em ver como estão preservados os elementos da arquitetura e dos costumes do povo europeu.

“É muito bom ter um pedacinho da Polônia aqui em Curitiba. Quem não pode viajar até lá pode ver no parque como são as coisas daquele país”, disse a estudante Laila Duda Gonçalves, de 8 anos, que pela primeira vez visitou o lugar. “É muito longe da minha casa”, contou a menina com admiração.

Museu ao ar livre

Acompanhados da professora regente Simone Góes da Silva, e da professora responsável pelo Linhas do Conhecimento no núcleo regional do Bairro Novo, Priscila Costa, os estudantes conheceram boa parte do museu ao ar livre que abriga sete casas construídas com troncos de pinheiros encaixados, típicas da imigração polonesa.

As casas abrigam um museu de móveis e utensílios domésticos usados pelos imigrantes, a capela de Nossa Senhora de Czestochowa, espaço para eventos e exposições e um quiosque de artesanato. As crianças ficaram surpresas em saber como os imigrantes poloneses precisaram deixar o país para fugir da guerra, de como conseguiram manter sua arte, crenças, e hábitos, mesmo tão distantes de casa.

“Achei incrível esse lugar e nem sonhava que na minha cidade tinha um parque assim tão especial”, disse Victor Inácio de Souza, de 9 anos. Atento aos detalhes da arquitetura, o estudante que é descendente de poloneses, ficou admirado ao descobrir que os troncos usados na construção das casas são originais, transferidos de antigas colônias de imigrantes de Araucária e São José dos Pinhais, na região metropolitana.

“Eles tinham boas estratégias para se proteger do frio, como construir as casas mais altas do chão e fazer respiros na parte de baixo das paredes para poder manter as portas das casas fechadas e evitar o vento gelado”, disse o estudante.

Pontos turísticos

No trajeto de 32 quilômetros entre a escola - localizada no extremo sul da cidade, na regional Bairro Novo - até o Memorial Polonês, vizinho ao Museu Oscar Niemeyer, os estudantes puderam aprender sobre outros pontos turísticos da cidade, como os palácios 29 de Março e das Araucárias, sedes da Prefeitura de Curitiba e Governo do Estado.

Pelo caminho também viram as praças Nossa Senhora de Salete e Dezenove de Dezembro, além do Shopping Mueller, que ocupa as instalações da antiga metalúrgica da família Mueller, prédio histórico do final do século XIX. “É maravilhosa a oportunidade de usar a cidade como livro vivo da nossa história. O interesse e a participação dos estudantes nas aulas de campo fazem com que eles aprendam melhor”, comentou a professora Simone.

No plano de aula de Simone, a lição iniciada no parque terá sequência em sala, com a realização de um jogo de perguntas e respostas, produção de textos e leituras sobre o tema.  

Serra do Mar

Na quinta-feira (17/5) serão os estudantes da Escola Municipal CEI Maria Augusta Jouve, no Alto Boqueirão, que participarão de uma aula de campo, por meio do Linhas do Conhecimento. A turma vai ampliar o conhecimento sobre educação ambiental em atividades que acontecerão no Mananciais da Serra, dentro do Parque Estadual do Pico do Marumbi, na Serra do Mar.

Linhas do Conhecimento

Idealizado e implantado no ano passado pelo prefeito Rafael Greca, o Linhas do Conhecimento é um programa que transforma pontos da cidade em espaços de aprendizagem. Todas as semanas, centenas de crianças e estudantes participam de aulas de campo diversificadas em parques, museus, teatros e pontos turísticos, nos quatro cantos de Curitiba.

Neste ano, o programa Linhas do Conhecimento já promoveu 123 ações, beneficiando aproximadamente 10 mil estudantes e crianças. No ano passado17,4 mil estudantes e dois mil professores participaram de 606 visitas feitas em 40 espaços da cidade. 

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484