Registrar
Acesso à informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Planejamento

Ippuc estuda soluções para implantação do Bairro Novo da Caximba

20/08/2018 17:37:00

O prefeito Rafael Greca reuniu-se, na manhã desta segunda-feira (20/8), com técnicos do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) para discutir as alternativas e soluções que estão sendo aplicadas para a implantação do Bairro Novo da Caximba.  

O projeto é uma intervenção de recuperação socioambiental que tem como ponto de partida a relocação de famílias que ocupam, de forma irregular, a Área de Proteção Ambiental (APA) situada no encontro das Bacias dos Rios Barigui e Iguaçu, no extremo sul de Curitiba.

Nesse ponto, em que a cidade faz limite com os municípios de Araucária e Fazenda Rio Grande (região metropolitana), há 1.147 famílias (cerca de 4.500 pessoas) vivendo em situação irregular e em condições insalubres que precisam ser reassentadas do território que ocupam para habitações regularizadas.

“Essa é uma prioridade do meu governo desde o primeiro dia de gestão”, destacou Greca. A conversa contou, ainda, com a participação do gerente geral da Região Metropolitana e Litoral da Sanepar, Antonio Carlos Gerardi.

“Estamos aqui para examinar o projeto que já foi encaminhado tanto para a Agência Francesa de Desenvolvimento quanto para o Banco Interamericano de Desenvolvimento e vamos fazer também a implementação no orçamento”, anunciou Greca, junto ao secretário do Governo Municipal e presidente do Ippuc, Luiz Fernando Jamur.

LEIA MAIS:

Histórico

O prefeito lembrou, durante a reunião, de todas as ações do município na Caximba e de seus principais resultados. Atualmente, conforme informado pela secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias, presente na reunião, há uma equipe de limpeza com 30 operários fazendo a limpeza permanente, além de caçambas para conter os resíduos gerados pelos moradores.

“Antes disso, chegamos a retirar 244 toneladas de lixo em uma ação especial que durou cerca de dois meses”, informou Greca. Na região também foram feitos dois mutirões de saúde e um da Mutirão da Cidadania para a confecção de documentos.

Já aconteceu também o cadastramento das famílias que deverão deixar as áreas de preservação e diversas reuniões com esses moradores. O local já conta com equipamentos urbanos como escola, unidade de saúde e um Centro de Referência da Assistência Social (Cras).

Além disso, os jovens da Vila 29 de Outubro poderão participar de um curso profissionalizante de Auxiliar de Produção Industrial, com duração estimada de 18 meses. O curso será feito na Igreja São João Batista, com a parceria da FAS Trabalho, Serviço de Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-PR) e Associação das Empresas da Cidade Industrial de Curitiba (Aecic).

Também estiveram presentes na reunião as assessoras do gabinete do prefeito, Cynthia Batista e Mônica Santanna; Mauro Magnabosco, Celia Bim, Ricardo Bindo e Rosane Valduga, do Ippuc.

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484