Registrar
Lei de Acesso à Informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Investimentos

Governo e Prefeitura vão investir em obras de mobilidade e drenagem

08/02/2017 18:57:00

Curitiba dá mais um passo para garantir mais recursos federais para obras de mobilidade e de drenagem e contenção de cheias na cidade. Nesta quarta-feira, 8, o vice-prefeito, Eduardo Pimentel, e o secretário de Governo, Luiz Fernando Jamur, estiveram no Ministério das Cidades, em Brasília, para dar continuidade aos projetos das obras e assegurar os investimentos ao município.

A negociação só foi possível porque o prefeito Rafael Greca conseguiu no final do ano passado prorrogar junto ao governo federal os prazos para a apresentação dos projetos. Os recursos virão do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e vão ser aplicados na revitalização da Bacia do Rio Belém, Linha Verde Norte e na requalificação da linha de ônibus Ligeirinho Inter 2.

“A orientação do prefeito Greca é agir com celeridade para garantir esses recursos para Curitiba. São grandes obras que trarão maior eficiência ao transporte público e que reduzirão os alagamentos na cidade”, afirmou Eduardo Pimentel, que também é secretário de Obras Públicas e Infraestrutura.

O secretário municipal de Governo, Luiz Fernando Jamur, destacou a boa vontade do Ministério das Cidades e destacou que a intervenção do prefeito foi fundamental para prorrogação do prazo. Sem isso, a cidade teria perdido os recursos previstos.

“A determinação do prefeito Rafael Greca é fazermos uma força tarefa para conseguir atender a exigência do governo federal e garantir a execução dessas importantes obras para Curitiba”, afirmou ele. As reuniões no ministério foram com o secretário de Mobilidade Urbana, José Roberto Generoso, e com o secretário de Saneamento, Alceu Segamarchi Júnior.

DRENAGEM

Grande parte do valor pleiteado pelo município é para área de drenagem e contenção de cheias, cerca de R$ 790 milhões. Ao todo são nove processos para importantes obras, como o reperfilamento, microdrenagem e construção de muro de contenção do Rio Belém. Além disso, está previsto o reperfilamento e contenção do Rio Atuba e obras no Rio Juvevê. “Essas obras são fundamentais para melhorar o escoamento das águas e aumenta a vazão dos rios. São grandes obras que reduzirão os alagamentos na cidade, que tantos prejuízos causam aos curitibanos”, disse Pimentel.

MOBILIDADE

Nas obras de mobilidade, Jamur explica que a prefeitura está pleiteando o financiamento federal de 100% do lote 4 da Linha Verde Norte, que é o último e seguirá até o trevo do Atuba. Foi pedido ainda autorização do ministério para licitar uma das fases do projeto de requalificação da linha de ônibus Ligeirinho Inter 2. Serão licitadas as obras de construção da uma trincheira no cruzamento da Avenida Nossa Senhora Aparecida com a Avenida Mário Tourinho e as obras do binário da Padre Germano Mayer.

Jamur explica que outra obra negociada foi a do lote 1 do projeto de implantação do Ligeirão Leste-Oeste, que trará um novo modelo de corredor de transporte. A prioridade será para o conjunto de obras próximas do terminal do Campina do Siqueira.

MERENDA

Antes dos encontros no Ministério das Cidades, Eduardo Pimentel representou o prefeito Rafael Greca na cerimônia em que o presidente Michel Temer anunciou o reajuste do complemento dado a estados e municípios para o pagamento da merenda escolar. Com isso, neste ano, o governo federal vai liberar R$ 465 milhões a mais para merenda, beneficiando 41 milhões de estudantes. O valor possibilitará reajuste de até 20% no valor diário por estudante.

Os recursos são destinados para compra de itens da merenda escolar.

Em Curitiba, no ano passado, o governo federal repassou R$ 17,3 milhões, o que representa 20% do gasto total do município com merenda. “O reajuste dos valores repassados pela União para compra de merenda é fundamental para melhoria da qualidade dos alimentos fornecidos às nossas crianças”, afirmou Pimentel. Para Curitiba, a medida representa um aumento anual de aproximadamente R$ 3,4 milhões. Atualmente, a Prefeitura de Curitiba fornece 284 mil refeições por dia, entre lanche, almoço, desjejum e jantar. 

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484