Registrar
Lei de Acesso à Informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Homenagem

Curitiba vai ganhar Memorial Paranista e jardim de esculturas de João Turin

20/12/2017 17:07:00

O prefeito Rafael Greca assinou, na tarde desta quarta-feira (20/12), o decreto número 2218 que destina uma área do Parque São Lourenço, no bairro São Lourenço, para abrigar o futuro Memorial Paranista e um jardim de esculturas de João Turin. O projeto do local será feito pelo Ippuc em conjunto com a Fundação Cultural de Curitiba. A previsão de implantação é entre 2019 e 2020.

“A ideia é que ao longo dos próximos três anos possamos reproduzir toda a obra de João Turin, o modernista brasileiro premiado pelo Salão Nacional de Belas Artes e mentor do Movimento Paranista”, contou o prefeito. As peças seriam em “escala grandiosa”, com proporção de cerca de 2,5 vezes o tamanho de uma pessoa, formando o “maior jardim de esculturas do país”, de acordo com Greca. No total, serão aproximadamente 78 peças à disposição do público.

Para o detentor dos direitos do acervo do escultor paranaense, o empresário Samuel Lago, é de fundamental importância o resgate da obra e do paranismo. “E a perspectiva de se criar um local onde se relembre e cultue o povo daqui é fantástica”, destacou.

A partir da assinatura do documento, o projeto começa a ser elaborado com a supervisão do próprio prefeito e de Lago, que está à frente do Ateliê João Turin. Dentro da homenagem, os bancos de praça do artista também devem ser reproduzidos. “São bancos com formas de pinhões, grimpas e ramas de pinheiros que vamos fazer em concreto”, detalhou Greca.

Movimento e o artista

Durante a reunião, o prefeito recordou as características do Movimento Paranista, que aconteceu entre as décadas de 1920 e 1930 e deixou grande influência nas artes plásticas, em especial. “O Movimento Paranista evocava a força da terra e do povo brasileiro, nas esculturas das onças, celebrava o luar do sertão, a saga dos índios e caboclos da terra”, disse.

Ícone do Movimento e considerado precursor da escultura do Paraná, Turin nasceu em Morretes em 1878. Deixou inúmeras obras de destaque e que ocupam espaços importantes na cidade.

Presenças

Participaram da assinatura do decreto para a criação da área do Memorial Paranista o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas e Infraestrutura, Eduardo Pimentel; a procuradora-geral do Município, Vanessa Volpi; o secretário do Governo Municipal e presidente interino do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Luiz Fernando Jamur; a secretária do Meio Ambiente, Marilza Dias; o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcelo Cattani; a superintendente da Fundação, Ana Cristina de Castro; e a assessora do prefeito, Cynthia Maia.

O gestor do acervo de João Turin, o pesquisador Maurício Appel, e o escultor Elvo Benito Damo, também estiveram presentes.

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484