Registrar
Lei de Acesso à Informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Parques e Praças

Curitiba deverá ganhar memoriais Israelita e Africano

22/06/2017 16:31:00

Os projetos da Praça de Israel , na região norte da cidade, e de uma réplica do Farol de Alexandria, para o Praça Zumbi dos Palmares, situada ao Sul de Curitiba, foram avaliados pelo prefeito Rafael Greca em reunião de trabalho no Ippuc, nesta quinta-feira 22/06.

“Vamos potencializar o uso da Praça Zumbi dos Palmares como um Memorial Africano que passará a contar com uma réplica do Farol de Alexandria. A obra será a evocação das raízes da sabedoria plantadas no norte africano, na antiga cidade egípcia de Alexandria”, disse Greca.

O projeto, que será estudado pelo Ippuc em conjunto com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, prevê a instalação de uma biblioteca e a recuperação de toda a praça, da concha acústica e a ampliação da pista de caminhada. A intervenção na Praça Zumbi dos Palmares valoriza a região que passará a contar com uma área revitalizada de lazer. A praça com área de  21,6 mil metros quadrados, fica entre o terminal de ônibus do Pinheirinho e o Hospital do idoso. Na entrada há um portal com 54 colunas que representam os países do continente africano.

Rio Formosa

Ainda para a região Sul da cidade, o prefeito determinou a implantação de quadras de areia para a prática de futebol e outros esportes, pista para caminhada e gramado para a recuperação da área às margens do Rio Formosa, de onde cerca de 100 famílias que ocupavam a área irregularmente foram realocadas pela Cohab para moradias no Tatuquara e no Cauiá.

Além disso, serão feitas ações compartilhadas com a Sanepar para a eliminação de ligações de esgoto no Rio Formosa, que integra a Bacia do Barigui. Para tratar dessas intervenções, participaram da reunião com o prefeito, o administrador regional do Pinheirinho, João Luiz Cordeiro, o gerente regional da Sanepar, Antonio Carlos Gerardi e Raphael Tadashi Diniz, também da Companhia de Saneamento do Paraná.

Praça de Israel
O projeto da Praça de Israel também foi apresentado ao prefeito na reunião desta quinta-feira, no Ippuc, pelo arquiteto Djalma da Silva acompanhado pelo ex-vereador Jair Cézar.

“A urbanização de um terreno vazio se dará com uma Praça Solar e que irá recordar ainda cidade de Jerusalém que é comum a todos os povos”, disse Rafael Greca.

De acordo com o autor, a praça terá elementos conhecidos da cultura israelense, representados nas formas arquitetônicas com uma réplica da fachada do antigo templo de Jerusalém, uma hiperestrela de David e plantas ornamentais da região como palmeiras, tamareiras e Oliveiras. Também haverá um relógio solar e um monumento (Menorah) posicionado em relação ao sol em um ângulo específico para formar a sombra de uma araucária ao meio-dia nas datas dos solstícios de inverno (21 de junho) e verão (21 de dezembro).

 A prefeitura cederá o terreno e os recursos para a obra (estimados entre R$ 1,5 milhão e R$ 1,7 milhão) deverão ser obtidos junto à iniciativa privada pelos idealizadores do projeto.
 

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484