Registrar
Acesso à informação
Prefeitura Municipal de Curitiba

Serviço cidadão

Contatos por meios digitais ganham espaço nos atendimentos da Central 156

17/04/2018 10:04:00

Os contatos feitos por meio digital vêm conquistando mais espaço entre os usuários da Central 156, o principal canal direto dos moradores com a administração municipal.

No primeiro trimestre deste ano, os acessos via internet e chat passaram a representar 15,4% do total, contra 13,5% no mesmo período do ano passado.

O coordenador de atendimento ao cidadão da central, Ozires de Oliveira, explica que o aumento que vem ocorrendo de forma gradativa, na medida em que os usuários percebem vantagens nas vias digitais.

Eventualmente, esse avanço registra saltos maiores, como ocorreu em março, por exemplo, quando os contatos via chat cresceram 14% e os pela internet, 5% – elevando a participação desses meios para 17,3% do total no mês.

Mais recursos
Um dos atrativos é que os meios digitais oferecem alguns recursos que não são possíveis utilizar pelo telefone, como enviar foto de um problema na cidade e consultar de maneira simples e direta o andamento dos protocolos.

Esse tipo de vantagem foi o que levou o analista de sistemas Marcos Costa Junior a fazer a maior parte dos seus contatos pela internet. Usuário regular do 156 há 18 anos, ele diz que os recursos digitais ajudam a dar mais clareza para os registros. “Algumas coisas são difíceis de explicar [pelo telefone]”, conta ele. “Você anexa uma foto e isso deixa tudo mais claro.”

O telefone continua, entretanto, sendo o canal mais acionado pelo conjunto de usuários, com 83.894 (ou 82,3%) dos 101.856 contatos feitos em março para solicitações de serviços e pedidos de informação.

O recurso não foi abandonado por Costa. Ele diz que em certas ocasiões o telefone é um meio mais prático para registrar alguma irregularidade com que tenha se defrontado e queira informar.

"Cada um usa da forma que preferir", diz Oliveira, que ressalta que cabe à central oferecer as vias de acesso, de forma que os usuários tenham escolha e sejam bem atendidos nas plataformas que julgarem mais adequadas.

Assíduo
Costa, por exemplo, entra no site quase todo dia para acompanhar o andamento dos seus protocolos. Morador da Barreirinha, ele costuma registrar casos de irregularidades que vê em qualquer região cidade, principalmente para casos que comprometam a mobilidade – como lixeiras e carros irregulares em calçadas.

O analista vê nessa ação uma forma de induzir mais pessoas a respeitarem as leis e a ocupação do espaço público.

Ao longo do primeiro trimestre, a central recebeu 247.771 chamadas pelo telefone, 15.557 atendimentos pela internet e 30.795, pelo chat direto com os atendentes.

 

Serviço
A Central 156 atende 24 horas, sete dias por semana, pelo telefone 156 e pelo site central156.org.br, pelo qual se tem acesso ao chat direto com os atendentes.

 

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484