Registrar
Lei de Acesso à Informação
Prefeitura Municipal de Curitiba
Secretaria do

Governo Municipal

Educação para igualdade e cidadania

 

“Uma educação de qualidade deve estar intrinsecamente associada à busca da igualdade entre os seres humanos e à valorização da diversidade da sociedade brasileira”
(Plano Nacional de Políticas para as Mulheres, PNPM - 2013-2015).
 

A educação para igualdade e cidadania é um dos eixos fundamentais da construção de uma sociedade igualitária entre homens e mulheres e, por isso, integra as edições do Plano Nacional de Políticas para as Mulheres (PNPM) desde 2004.

 

Embora tenhamos avançado no campo do acesso à educação, ainda é necessário progredir nos conteúdos educacionais, curriculares, nos cursos e nas carreiras, se quisermos superar desigualdades históricas, associadas à discriminação sexista, étnica e racial, à concentração de renda e à distribuição desigual de riqueza entre campo e cidade.

 

Os dados sobre o analfabetismo refletem também essa realidade desigual. Em Curitiba, segundo o Mapa do Analfabetismo 2012 da Secretaria Municipal da Educação (SME), com base nas informações do Censo do IBGE-2010, 65% das pessoas com 15 anos ou mais não alfabetizadas residentes na capital paranaense são mulheres. Elas representam 19,5 mil do total de 29,8 mil analfabetos curitibanos nessa faixa etária. Entre as mulheres analfabetas, 37% têm idade igual ou superior a 59 anos. Em geral, foram privadas do acesso à educação na idade certa, seja pela família, por necessidade de trabalho ou por dificuldade financeira.

 

É papel do poder público e da sociedade garantir programas e ações que possibilitem à mulher o exercício pleno da cidadania, como por exemplo: direito à educação, à salário igual para igual função, à ascensão profissional a cargos com poder de decisão nas organizações. Bem como, promover ações que superem preconceitos e discriminações de gênero, raça, identidade de gênero, orientação sexual e geracional.

 

Desafios:

 

  •  Eliminar conteúdos sexistas e discriminatórios, bem como inserir o debate de gênero no currículo escolar;
  •  Promover a formação continuada de gestoras/es e servidoras/es públicas/os e a formação de estudantes de todos os níveis nos temas da igualdade de gênero e valorização das diversidades;
  •  Promover ampliação do acesso e permanência das mulheres no ensino profissional, tecnológico e superior, com destaque para as áreas científicas e tecnológicas;
  •  Ampliar o número de vagas nas creches públicas;
  •  Estimular a produção do conhecimento, pesquisas escolares, concursos de redação e trabalhos acadêmicos sobre relações sociais de gênero, identidade de gênero e orientação sexual;
  •  Incentivar a produção cultural e artística das mulheres, bem como a formação de gestores culturais com enfoque em gênero e raça;
  •  Promover políticas para reduzir o analfabetismo feminino;
  •  Contribuir para a redução da violência de gênero, com ênfase no enfrentamento do abuso e exploração sexual de meninas, jovens e adolescentes.

 

Programas e Ações

 

- Cereja (Centro Regional de Educação de Jovens e Adultos) – Possibilita a escolarização de jovens, adultos e idosos, oferecendo: salas de acolhimento para atender filhas/os de até 9 anos das/os estudantes; alimentação, servida durante o período de permanência na unidade, e curso profissionalizante de informática, pelo Pronatec.



- Programa Mama Nenê – Incentivo, apoio e promoção do aleitamento materno nos 178 CMEIs e creches conveniadas à Prefeitura de Curitiba. Flexibilidade de horários para as mães amamentarem seus filhos e espaço especialmente preparado nas creches para esse fim.

 

- Mais vagas em creches – O percentual de crianças de 0 a 3 anos frequentando creches atualmente em Curitiba é o maior entre as capitais com mais de um milhão de habitantes. Com 1.751.907 de habitantes, Curitiba tem 39,48% de crianças de 0 a 3 anos frequentando creches públicas e privadas. Das 85.836 crianças de 0 a 3 anos que vivem na cidade, 33.887 estavam frequentando escolas, segundo dados do Censo Demográfico IBGE-2010. O número é bem superior à média brasileira, que é de 23,55%.

 

- “Quem Ama, Abraça – Fazendo Escola” - Campanha que visa conscientizar crianças e jovens quanto à violência doméstica contra a mulher. Parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) da Presidência da República e REDEH – Rede de Desenvolvimento Humano. 184 escolas em nove regionais da cidade integram a campanha, que envolve 100 mil estudantes da rede municipal de ensino.

 

- Projeto Equidade - Tem como objetivo propiciar às escolas da Rede Municipal de Ensino de Curitiba trajetórias mais equânimes, qualificando o atendimento e contribuindo, desta forma, para a construção de uma boa escola. Atualmente, 47 escolas estão inseridas no projeto.

 


- Mulheres Mil – No âmbito do Pronatec, visa a profissionalização, o acesso ao ensino técnico e a elevação da escolaridade de mulheres jovens e adultas, que recebem uma bolsa do governo federal para frequentarem os cursos. O programa é desenvolvido por parceria entre o Instituto Federal do Paraná – IFPR e a Prefeitura de Curitiba, através da Secretaria da Mulher e da Fundação de Ação Social – FAS. Em 2014, foram abertas 300 vagas e formadas sete turmas de massagistas, recepcionistas e operadoras de computador.

 

- Plano Municipal de Políticas para as Mulheres (PMPM) – Com diretrizes alinhadas ao Plano Nacional, o PMPM torna público um conjunto de ações e metas debatidas com a sociedade curitibana, por meio do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, para construir uma educação que promova igualdade e cidadania, além dos demais eixos das políticas para mulheres na cidade de Curitiba.
 

 

Para obter maiores informações e esclarecimentos sobre os direitos das mulheres de Curitiba a uma educação para igualdade e cidadania, fale com:

 

 

Secretaria Municipal Extraordinária da Mulher – SMEM

Praça Garibaldi, 7 – Largo da Ordem

Telefone: 3323-7733 / 3323-7884

http://www.facebook.com/secretariamulhercuritiba

E-mail: secretariadamulher@smem.curitiba.pr.gov.br

 

Secretaria Municipal de Educação - SME

Av. João Gualberto, 623 - Edifício Delta
Telefone: 3350-8484
http://www.cidadedoconhecimento.org.br
E-mail: sme@sme.curitiba.pr.gov.br

 

Endereços dos Núcleos Regionais de Educação - NRE

 

NRE Bairro Novo
Endereço: Rua Tijucas do Sul, 1700
Cep: 81900-080
Bairro: Sítio Cercado
Chefe: Josiane Gonçalves Santos
Telefone: 32891634
e-mail: nrebn@sme.curitiba.pr.gov.br


NRE Boa Vista
Endereço: Avenida Paraná nº 3600 - Sala 47
Cep: 82510-000
Bairro: Boa Vista
Chefe: Izabel Maria da Silva de Lima
Telefone: 3313-5699
e-mail: nrebv@sme.curitiba.pr.gov.br


NRE Boqueirão
Endereço: Marechal Floriano Peixoto, 8430 - sala 41 B
Cep: 81650-340
Bairro: Boqueirão
Chefe: Cinthya Catherine Martins Carvalho
Telefone: 3313-5559
e-mail: nrebq@sme.curitiba.pr.gov.br


NRE Cajuru
Endereço: Rua Roraima nº 545
Cep: 82940-330
Bairro: Cajuru
Chefe: Sandra Lenara Nunes de Carvalho
Telefone: 3361-2356
e-mail: nrecj@sme.curitiba.pr.gov.br
 


NRE CIC
Endereço: Rua Manoel Valdomiro de Macedo, Nº 2460
Cep: 81170-150
Bairro: CIC
Chefe: VIVIANE DE FATIMA ESTEGUES

Telefone: 3212-1556
e-mail: nrecic@sme.curitiba.pr.gov.br


NRE Matriz
Endereço: Rua Dr. Faivre, 398
Cep: 80060-140
Bairro: Centro
Chefe: Claudia Maria Mundt
Telefone: 3218-2432
e-mail: nremz@sme.curitiba.pr.gov.br


NRE Pinheirinho
Endereço: Avenida Winston Churchill, 2033 - sala 31
Cep: 81150-050
Bairro: Capão Raso
Chefe: Michele Jaremczyk
Telefone: 3313-5444
e-mail: nrepn@sme.curitiba.pr.gov.br


NRE Portão
Endereço: Carlos Klemtz, 1994
Cep: 81320-000
Bairro: Fazendinha
Chefe: Lucélia Cavalcante de Albuquerque
Telefone: 3350-3972
e-mail: nrepr@sme.curitiba.pr.gov.br


NRE Santa Felicidade
Endereço: Santa Bertila Boscardin, 213
Cep: 82090-490
Bairro: Santa Felicidade
Chefe: Marlene Schinda Freire Oliveira
Telefone: 3374-5000
e-mail: nresf@sme.curitiba.pr.gov.br
 

Logomarcas: Curitiba – Mulher / Ligue 180.

Endereço
Av. Cândido de Abreu, 817 - Centro Cívico
CEP: 80.530-908 • Fone: (41) 3350-8484